quarta-feira, 2 de outubro de 2013

50 Dicas Para Escrever Melhor - Dica Nº 8 (Harry Potter Spoiler Alert!)

(Existe conteúdo que pode estragar o final de Harry Potter nos dois últimos parágrafos)

Dica nº8: Aprenda a provocar emoções com palavras.

Aparentemente, abrir o word e escrever: "era uma vez, um rapaz que ia passar a estrada, foi atropelado e morreu", não é o suficiente. Vá-se lá imaginar porquê!

Primeiro é preciso criar uma certa empatia pelo pobre coitado. Não quero parecer cruel, mas estou-me a borrifar se o rapaz foi atropelado ou não. É uma história, e a partir dai já estamos treinados a lembrar-nos que não é verdade. A razão pela qual os livros nos fazem rir, chorar, temer pela vida dos personagens é porque criamos uma certa conexão com eles. 

Se me disserem que o rapaz tinha acabado de sair do café com dois cappuccinos na mão, porque estava prestes a encontrar-se com a sua namorada que não via há que séculos, porque tinha acabado de chegar de uma missão no Iraque. Se juntarem ainda que depois de almoçar com a namorada ia ver a mãe. E se ainda juntarem o facto que ele era um herói de guerra que salvou um colega de um carro em chamas. Aí, eu já começo a sentir pena do rapaz. 

Porquê? Afinal de contas continua a não ser verdade.
A maneira como a história é contada importa. 

Primeiro tínhamos apenas um desconhecido a ser atropelado. Agora temos uma pessoa que ia se reencontrar com a namorada. Uma namorada que perdeu o namorado. E uma mãe que acabou de perder o filho. E como se a situação não fosse má, a pessoa que acabou de morrer era uma pessoa boa. Não um atrasado mental que se não morrer debaixo de um carro, temos vontade de o atirar para o caminho de ferro quando o comboio está a passar.

Para provocar emoções no leitor é preciso fazê-los visualizar a situação e imagem com palavras e dar informações acerca da personagem que nos permita criar um laço.

Porque razão acham que chorei que nem uma bebé quando o Sirius e o Dumbledore morreram? Porque razão ainda não consigo perdoar a J. K. Rowling por ter morto o Fred (em vez do Percy, com quem eu não tinha ligação uma ligação tão grande). E porque razão é que acham que eu passei a página em que o Harry e a Hermione não sabem do Ron, na sala das necessidades, a murmurar "oh, por favor não, o Ron não, o Ron não"? Por causa da minha ligação com os personagens. 

Devo admitir, Harry Potter foram os únicos livros que me fizeram chorar, mas mesmo que não tenha chorado nos outros, não significa que não tenha tido vontade de bater nos escritores dos outros livros que li, e não significa que não tenha dito uns comentários bastantes ofensivos quando coisas destas aconteciam. E mesmo insultando-os, posso garantir que os livros que me fazem sentir assim são os meus preferidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário