domingo, 9 de fevereiro de 2014

Primeira Regra de Escritor

A maneira que eu tenho para ver que estou a melhorar como escritora é que agora não só consigo seguir o conselhos de outros escritores, como também consigo incentivar-me a mim mesma com palavras minhas. Consigo armazenar tudo o que já li acerca de escrita e pôr em prática em mim mesma. 

Por exemplo, ontem passei o dia todo a procrastinar. Não fiz nada de produtivo mesmo tendo uma lista para cumprir. E o problema não foi só ontem, a verdade é que tenho andado a adiar escrever a algum tempo, em geral eu sei o que vai acontecer, consigo fazer um resumo, mas cada vez que me sento para escrever parece que o meu cérebro não está para aí virado. As palavras não vêem. Eu culpo um bocado o perfeccionismo, mas não só, porque eu sei que é o primeiro rascunho e não tem de ser perfeito, poder ser o mais "merdoso" possível. Até já me convenci a mim mesma que isto é mais um rascunho de um rascunho para ver se conseguia fazer algo, mas...

Até que hoje disse "NÃO". Comecei a ver uns vídeos sobre como combater procrastinação, e depois fiz uma lista parecida com esta:
12.50-13.00 - Almoço
13.00-13.20 - Outline do Capítulo 1
13.20-15.00 - Escrever Capítulo 1 
15.00-16.00 - Ler 3 capítulos da Herança
16.00-16.20 - Outline do Capítulo 2
16.20-17.00 - Trabalhos de Casa

São agora 15.35 e só me faltam os trabalhos de casa. Porque me disciplinei, tive força de vontade e acabei por fazer algo mais produtivo do que se ficasse simplesmente sentada na cama o dia todo a sentir-me culpada por não ter feito nada o dia todo.

 Por isso, primeira regra de escritor:

- Torna a escrita numa disciplina. Não tens inspiração hoje? Não importa, escreve apenas durante 10 minutos em vez de uma hora ou o dia todo. Escreve uma palavra, pelo menos é uma palavra a mais do que tinhas ontem. Escreve acerca de coisas que não fazem sentido, ou sobre algo que não tem nada a ver com a tua história. Faz um outline do que precisas de escrever a seguir. Faz listas do que é suposto acontecer, mas que ainda não sabes bem COMO vai acontecer, para que fiques a saber em que pontos precisas de manter os olhos abertos. 

Imagina que tens um personagem amarrado e ele/a precisa de se libertar, mas não fazes ideia de como. Escreve numa lista "Próximo passo: descobrir como libertar a personagem A". Escreve na lista possíveis maneiras, não importa o quão ridículo, nem que seja com um palito. Mantém os olhos abertos na séries de televisão e nos livros a pessoas que estão a ser mantidas prisioneiras e se libertam. Como é que eles fizeram?

Pensa sempre acerca de escrita, mesmo quando não estás a escrever.

Sem comentários:

Enviar um comentário