segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Sumário - Resumir tudo numa frase

Hoje estava a ler um artigo sobre o sumário dos livros e reparei que nunca tinha pensado muito no assunto. Isto é completamente inaceitável.

Quando me perguntam sobre o que é o meu livro eu respondo, “sobre vampiros e lobisomens” de forma concisa. Se quiser elaborar digo, "sobre uma rapariga que perde os pais e junta-se a uma organização de caçadores que caçam criaturas sobrenaturais.” Isto já começa a parecer-se muito mais com um sumário. 

O sumário diferencia-se da sinopse no sentido em que tem de ser muito mais curto, praticamente uma frase, do género que aparece na descrição dos filmes quando clicamos no botão que diz “Info”.

Há tempos, escrevi sobre o pesadelo das sinopses, e o quão difícil é resumir tudo num pequeno texto, por isso podem imaginar o que será resumir tudo numa frase! Mas também escrevi, no método do floco de neve, que a primeira coisa que devemos fazer, antes de começar a escrever um livro, é resumir o enredo numa linha, e só depois prosseguir para um parágrafo e aí em diante. 

Então o que temos de fazer para escrever um bom sumário?

No artigo dizia, definir bem:
  • o/a personagem principal;
  • o/a antagonista;
  • o conflito;
  • o género e o tom.

Imagina o sumário e a sinopse como a descrição pequena do Smashwords, e a elaborada. A sinopse seria algo que usarias no Goodreads e o sumário seria o que acompanha os teus posts no Facebook.

No caso de «Sombras» seria:


Uma jovem de futuro promissor decide abandonar tudo, depois de perder a família, e junta-se a uma organização de caçadores, onde combate as criaturas sobrenaturais que se recusam a permanecer escondidas nas sombras.


A história fala sobre uma rapariga que tinha um futuro promissor, mas que perdeu a família. Quem é o antagonista? As criaturas sobrenaturais. Onde se passa a ação? Na organização de caçadores. Qual é o conflito? As criaturas sobrenaturais estão a sair dos seus esconderijos. O tom e o género é possível ser deduzido a partir de tudo isto, o género é ficção sobrenatural, fantasia e o tom é ligeiramente mais sombrio se incluís palavras como "combate", "sombras".

Depois de se pensar um pouco sobre o assunto, até que se torna fácil. Agora só tenho de pôr o cérebro a trabalhar e fazer o mesmo para a sequela. 


Podes entrar no mundo fantástico de «Sombras» a partir deste excerto disponível.

Sem comentários:

Enviar um comentário