terça-feira, 17 de setembro de 2013

50 Dicas para escrever - Dica nº2

Dica nº2: Decida os géneros que quer escrever.

Eu basicamente leio tudo o que contém letras. A minha mãe sempre me disse que se o papel higiénico tivesse letras eu leria também o papel.

Mas lá porque assim que pego num livro para ler faço um pacto comigo mesmo que tenho de o ler até ao fim, não significa que gosto de todos os livros que leio. E muito menos que gosto da mesma forma.

Da mesma forma, todo o escritor tem um género com que sente mais confortável. O meu? Literatura Juvenil. Não só porque é o género que também gosto mais de ler, mas porque é o género em que as ideias me ocorrem com mais fluência.

Eu vejo milhares de programas policiais - eles são tantos não é verdade? C.S.I, N.C.I.S, Mentes Criminosas, Mentalista, Ossos, Casos Arquivados - tantos que às vezes consigo até mesmo saber quem é o assassino assim que o episódio começa. Mas lá porque isto acontece, se tentasse escrever sobre este género ia precisar de fazer horas de pesquisa sobre temas como leis e outras coisas que eu acho aborrecidas. E não ia achar piada nenhuma escrever. Já para não falar na quantidade de bacoradas que ia cometer.

Existem talvez, escritores capazes de escrever mais que um género. A fantástica J. K. Rowling é prova disso. Mas como nem todos nascemos génios alguns têm de se especializar num só tipo.

Seja o género que escolheres não te esqueças de ler todos os livros do mesmo género que conseguires, de fazer uma enorme pesquisa e  lembra-te que não há benefícios sem sacrifícios.


Sem comentários:

Enviar um comentário